Escleroterapia - Dr. Jorge Augusto Zbeidi

Escleroterapia

A escleroterapia é um tratamento destinado à eliminação das telangiectasias (pequenos vasos que se agrupam formando estrutura semelhante a um emaranhado).Procedimento realizado no consultório com uso de substância esclerosante injetada através de micro agulhas no interior dos vasinhos a serem tratados.

Imagem Escleroterapia

O médico indicará a melhor opção para o paciente, a fim de que o produto seja bem tolerado pelo paciente e não provoque quadros de alergia ou efeitos adversos.Para evitar complicações, não devem ser aplicados grandes volumes dos esclerosantes em uma só sessão. Assim, o tratamento deve ser realizado em etapas.

Após a sessão, os “vasinhos” podem tornar-se mais evidentes e escurecidos. Com o tempo, sofrem um processo de clareamento lento que pode durar até duas semanas. O método não exige repouso e possibilita o retorno às atividades de rotina quase sem restrições. Exceção deve ser feita às atividades esportivas, vinte e quatro horas após o procedimento. A exposição ao sol somente é permitida após o clareamento total das áreas tratadas para evitar a formação de manchas escurecidas. A dor durante a aplicação é mínima e desaparece imediatamente após o término da sessão.

A Escleroterapia utilizada corretamente é extremamente eficiente e deve ser realizada sempre por médicos especialistas, evitando complicações no tratamento, frequentemente associadas ao mal uso da técnica.

Recomendações Pós Escleroterapia:

  • Evitar o uso de derivados do ácido acetil salicílico a partir da semana anterior ao início do tratamento, para evitar o favorecimento da formação de manchas arroxeadas.
  • Lavar bem o local a ser tratado, antes da aplicação. Não usar cremes e nem fazer depilação nas pernas antes da sessão, nem imediatamente após a aplicação.
  • Logo após a sessão de escleroterapia, caminhar ou exercitar as pernas por aproximadamente 30 minutos.
  • Manter os curativos compressivos pelo menos por duas horas após a aplicação.
  • Usar diariamente meia elástica, que deve ser colocada de manhã e retirada à noite.
  • Manter um programa diário de atividade física para assegurar um bom tônus muscular nas pernas.